ANOS NOVENTA - UM SALTO EM FRENTE

No seguimento do melhoramento notório que foi o assentamento do piso de madeira no pavilhão em 1987, o plano de instalações oportunamente traçado completou-se em 1993 com a inauguração na área contigua ao pavilhão do novo Edifício–Sede dispondo de Áreas Administrativas, Sociais e Comerciais, nomeadamente quatro estabelecimentos no rés-do-chão que asseguravam um rendimento “certo” ao clube. A este salto em frente, para o qual foi decisivo o apoio da autarquia à frente da qual pontificava então o Prof. Vieira de Carvalho, correspondeu a breve trecho uma aposta firme na ascensão desportiva.

Note-se que o clube, como corolário da sua longa e profícua aposta na formação, tinha visto já os “seus” primeiros internacionais jovens em 1991/92. Em 1995/96 foi contratado como treinador o ex – seleccionador nacional Mircea Costache e o recrutamento de uns poucos atletas mais experientes e valorosos permitiu ao clube a obtenção do Título Nacional da 3ª Divisão (primeiro título nacional conquistado) e a subida à 2ª Divisão Nacional. Nesse mesmo ano o clube viu reconhecida pela F.P.A. a qualidade de “centro de formação de andebol” alargando os limites etários da sua actividade formativa até ao escalão de bambis, dos 6 aos 10 anos.

Como que para sublinhar tal reconhecimento oficial teve a A.A.A. Santas já nos anos noventa alguns brilhantes resultados nas camadas mais jovens da formação com vários títulos regionais absolutos. Os Infantis, para além da conquista de diversos CampeonatosRegionais e Encontros Regionais, venceram em três épocas consecutivas o Encontro Nacional de Infantis, prova disputada em regime de concentração e que fazia as vezes de Campeonato Nacional do escalão. Antes ainda que os anos 90 findassem corria o ano de 1997, deu o clube mais um impulso ao seu projecto desportivo, já com o Carlos Vieira como presidente e o Carlos Bragança como “vice para o desporto”: Apostou na contratação de um novo técnico, que fora durante longos anos atleta do clube e tinha estado ao serviço das selecções nacionais femininas – o José António Silva. A sua chegada foi uma lufada de ar fresco: O clube esteve, logo nessa época de 1997/98, a um play-off (com o Belenenses) de chegar à 1ª Divisão Nacional e conquistou a Taça Governador Civil do Porto batendo na final o Boavista. Para a época seguinte a aposta na remodelação da equipa sénior obedeceu, para além da qualidade, ao critério primordial para o técnico: a disponibilidade alargada para o treino e a competição.

Desde o arranque dessa época de 1998/99 a equipa mostrou quais os seus objectivos e a capacidade para os alcançar: Com uma carreira imaculada assegurou a subida à 1ª Divisão Nacional, conquistando ainda o Campeonato Nacional da 2ª Divisão. Foi uma maneira perfeita de terminar os anos 90 e encarar a chegada do século XXI.

Contactos

Ligue-nos
(+351) 229 789 711
Morada
Rua Ferreira de Castro, 84
4425-083 Águas Santas
E-mail
geral@aguassantas.net